Como vocês sabem, leitura é um dos meus temas preferidos! Amo livros, amo ler, amo escrever, amo contar histórias… Aqui em casa, livro é o que não falta! E tento, ao máximo, incentivar a leitura desde cedo.

Por falar nisso, hoje quero apresentar para vocês o Alexandre Abou-Rejaile Fiorese, um escritor de apenas seis anos! Isso mesmo! Uma criança que começou a se apaixonar pelas letras desde bem novinho e, com apenas seis anos, vai lançar o seu primeiro livro. Um sucesso, não é mesmo?!

Conversei com o Alexandre e com a Janaína, sua mãe, que me contaram um pouco mais sobre “Draw My Life, ou em português: minha vida em desenhos”.

Alexandre com seus pais e sua irmã.

Confiram a entrevista e se encantem por essa criança e seu livro!

CANAL INFANTIL – QUANDO SURGIU O INTERESSE DO ALEXANDRE PELAS PALAVRAS?

JANAÍNA REJAILE – Desde muito pequeno, ainda com um aninho de idade, o Alexandre já nos apontava as letras do alfabeto nas placas dos carros ou em outdoors. Com o passar do tempo, seu interesse foi aumentando e com três anos já unia as consoantes e vogais e tentava escrever do seu jeitinho. Ele percebeu muito cedo que a escrita é usada como forma de comunicação, acredito que veio daí a sua curiosidade pelas palavras.

Aos quatro anos lia com certa facilidade e habitualmente fazia a leitura dos cartazes de filmes para os amiguinhos. Foi nesta época que senti uma das minhas maiores emoções, quando fui surpreendida ao vê-lo dentro do berço da irmã, de seis meses, lendo um livrinho para ela.

CANAL INFANTIL – E VOCÊS, PAIS, INCENTIVAM A LEITURA DENTRO DE CASA; ACHAM IMPORTANTE OS LIVROS NA VIDA DA CRIANÇA?

JANAÍNA REJAILE – É dentro de um livro que a criança encontra a magia de fantasiar, criar, viajar por um mundo que ela ainda não havia pensado.

Sempre incentivamos a leitura aqui em casa. Lá atrás, quando o Alexandre ainda tomava banho na banheira, enchíamos o ambiente de livrinhos impermeáveis, alguns nem tinham escrita, apenas imagens sequenciais. Desta forma, ele criava suas próprias histórias baseadas nas imagens que via. Foi uma época muito divertida e repetimos isso com a nossa filha de dois anos.

O livro tem um papel essencial na formação da criança. Através da leitura a criança recebe influências externas e aprende a avaliar os acontecimentos do dia a dia, respeitando a diversidade e controlando as emoções.

Inserindo a leitura desde cedo, é possível formar cidadãos mais críticos, habilidosos e criativos. Além disso, a leitura estimula a linguagem e amplia o vocabulário.

CANAL INFANTIL – COMO É A RELAÇÃO DO ALEXANDRE COM OS LIVROS?

JANAÍNA REJAILE – O Alexandre tem a sua própria biblioteca em casa. Não é uma biblioteca enorme, pois priorizamos passar os livros adiante quando percebermos que determinado livro já não desperta mais tanto interesse nele. Neste caso, alguns livros são repassados para a irmã mais nova e outros para crianças próximas a nós.

É muito interessante a forma como ele vê a leitura, pois gosta de ler sempre acompanhado de outras crianças ou mesmo de adultos que também gostem de ler. Quando o tema interessa, ele é capaz de ler um livro de cem páginas em apenas dois dias. Porém, quando ele não considera o livro atrativo ou se ele não está num ambiente propício à leitura, logo perde o interesse e deixa a apreciação para depois. Mas considero saudável a forma que ele trata essa questão, é seletivo nas escolhas dos livros, dos temas e tem seu próprio ritual para ler. Vejo isso de forma normal para a idade e acredito que a medida que for amadurecendo, abrirá naturalmente novos horizontes.

CANAL INFANTIL – ESTE MÊS O SEU FILHO VAI LANÇAR O PRIMEIRO LIVRO! COMO SURGIU A IDEIA DE ESCREVER UM LIVRO?

JANAÍNA REJAILE – A ideia de escrever um livro sempre existiu dentro do Alexandre. Desde muito pequeno, ele escrevia livrinhos sobre assuntos variados.

Seus textos sempre tiveram uma característica mais informativa, baseado no que ele aprendia nos projetos da escola ou conhecimento que ele adquiria assistindo documentários. Já escreveu livrinhos sobre os tipos de florestas, castelos do Brasil, astronomia e outros. Quando ele concluía um livro, pedia-nos para publicar, porém sempre o estimulamos a “rechear” seus livros e explicamos que para publicar um livro, este deve gerar interesse em um determinado público, por isso, era necessário além de escrever o texto, criar ilustrações, melhorar a ortografia e a gramática.

No caso de Draw My Life. Ou em português: minha vida em desenhos, a inspiração principal veio dos vídeos no estilo Draw My Life que estão há um tempo divertindo o público no YouTube.

Como de costume, um dia o Alexandre me pediu para montar aquele bloquinho de papel sulfite no formato de livro, pois iria escrever. Entreguei a ele o bloquinho de papel dobrado ao meio, ele sentou em seu quarto e começou a escrever, um tempo depois voltou com o bloquinho preenchido com a sua história e seus desenhos. O texto era singelo, mas muito profundo e emocionante. Diferente do que acontece nos vídeos de Draw My Life, o Alexandre não começou a história no dia do seu nascimento, mas sim, no momento em que conversou com Deus sobre vir ao mundo. Consideramos a história interessante e decidimos investir na publicação.

CANAL INFANTIL – E A QUAL PÚBLICO SE DESTINA?

JANAÍNA REJAILE – O Livro possui uma linguagem fácil, uma história suave, ilustrações coloridas e letra de fácil leitura, por estas razões é indicado para crianças de qualquer idade, muito embora acredito que a história irá despertar o interesse de muitos adultos, devido a sensibilidade do texto.

CANAL INFANTIL – COMO “DRAW MY LIFE” PODE AJUDAR OUTRAS CRIANÇAS?

JANAÍNA REJAILE – Considero o livro bastante instrutivo, pois estimula a criança a voltar no tempo na sua própria história, investigar seus antepassados, a origem do sobrenome, acontecimentos que marcaram sua vida e, inclusive, a observar a passagem do tempo. Também faz a criança pensar sobre assuntos delicados como a origem da vida e o universo.

Além disso, o livro traz uma árvore genealógica no modelo de fluxograma para a criança preencher.

Mais do que uma leitura prazerosa, o livro proporciona muito aprendizado.

CANAL INFANTIL – COMO VOCÊS REAGIRAM À IDEIA DO ALEXANDRE, COM APENAS SEIS ANOS DE IDADE, ESCREVER E LANÇAR UM LIVRO?

JANAÍNA REJAILE – Avaliamos os pontos positivos e negativos. Pensamos na sua exposição e nas críticas que podem vir. Conversamos com ele sobre todos os fatores que estavam envolvidos e nos certificamos se era isto mesmo que ele queria e o quanto ele considerava a publicação importante. Concluímos que ele realmente desejava muito publicar o livro e decidimos embarcar neste sonho com ele. Somos pais apoiadores das aspirações de nossos filhos e, dentro das nossas possibilidades, procuramos estimular o desenvolvimento e autoestima deles.

CANAL INFANTIL – O QUE SIGNIFICA O LANÇAMENTO DESTE LIVRO PARA VOCÊ?

ALEXANDRE FIORESE – Eu sempre quis publicar um livro. Estou muito feliz e orgulhoso! Mas o que eu mais desejo é que muitas crianças possam ler o meu livro, pois escrevi com muito carinho. Desejo que esta leitura seja agradável e incentive outras crianças a contarem a sua história.

Demais, não?! Eu já estou doida para ler o livro! Depois conto para vocês o que achei!

Mas para quem ficou curioso sobre este lançamento, aqui vai um pouquinho do que você vai encontrar no livro:

Com a irreverência e o olhar curioso de criança, a autobiografia de Alexandre descreve seus seis anos de vida, desde o momento que conversou com Deus e decidiu nascer. 

Inspirado nos vídeos do estilo Draw My Life, sensação no YouTube que diverte a garotada com histórias cômicas, o livro será lançado pela Editora CRV. A obra é composta por trinta páginas muito bem ilustradas por Roberto Thot e promete mexer com a imaginação infantil.

No livro, Alexandre expressa sua personalidade marcante, o amor pelo Universo, galáxias e estrelas, o carinho com a família e a crença em seres superiores e em Deus. Uma história envolvente, que mistura realidade e a mente fértil típica da fase.

A ideia surgiu da dedicação de uma criança curiosa, criativa e esforçada que em um momento de inspiração preencheu um papel em branco com muita espontaneidade. Alexandre espera que seus leitores se divirtam e que sirva de estímulo para que mais crianças escrevam suas próprias histórias.

Sobre o autor

Alexandre Abou-Rejaile Fiorese está no segundo ano do Ensino Fundamental e é apaixonado por pessoas, adora jogar futsal e xadrez, estuda astronomia, inglês e teclado.

Antes mesmo de completar quatro anos, Alexandre demonstrava interesse pelas letras e palavras. No caminho para a escola, sentado em sua cadeirinha no banco traseiro do carro, atravessava o percurso lendo as placas e questionando a mãe quando não conhecia uma ou outra palavra.

Contato: carolina.canalinfantil@gmail.com

Instagram: @canalinfantil

Facebook: @canalinfantiloficial